quinta-feira, 26 de maio de 2011

Uma vergonha! Turma do Buriti foge de CPI

Investigações sobre setor saúde no Distrito Federal são    impedidas por deputados governistas


A eleição do presidente e vice-presidente da CPI da Saúde, marcada para a tarde desta quarta-feira (25), não ocorreu por falta de quórum. Dos cinco membros da comissão, apenas a deputada Celina Leão (PMN) estava em Plenário no momento da votação. O presidente da Câmara Legislativa, deputado Patrício (PT), chegou a abrir prazo de 10 minutos para apresentação de candidaturas, mas em seguida encerrou a reunião da CPI devido à ausência de parlamentares. Também compõem a comissão os deputados Dr. Michel (PSL), Joe Valle (PSB), Rejane Pitanga (PT) e Washington Mesquita (PSDB).



Ao final da reunião, Celina Leão criticou a postura do governo que, segundo ela, trabalha contra a CPI e dos deputados que não compareceram. “O que é que o governo quer que não seja investigado? Essa Casa não pode se furtar a esse debate”, criticou. A deputada Liliane Roriz (PRTB) também se disse envergonhada e questionou “o que há nessa caixa preta?”.



Já o deputado Chico Vigilante (PT) disse que a ausência dos deputados faz parte do jogo democrático e está de acordo com o Regimento Interno da Casa. “Não tem interferência do governo, que não tem medo de investigação. Estamos subsidiando as investigações do Ministério Público”, observou Vigilante.



Minutos antes, durante o comunicado de lideranças, o líder do governo, Wasny de Roure (PT), observou que a “CPI não resolve os problemas da saúde, que estão sendo enfrentados pelo atual governo”.



Eliana Pedrosa (DEM) endossou as críticas ao posicionamento da base do governo e disse que a ausência dos deputados não faz parte do jogo democrático, mas do “jogo do poder”. “É muito ruim ver essas cadeiras vazias. Temos que discutir todos os assuntos e vencer no argumento”, enfatizou a deputada.

Fonte: José Seabra





sábado, 21 de maio de 2011

ENFERMAGEM RECEBE HOMENAGEM NA CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL

Durante a Semana da Enfermagem de 2011, que ainda está acontecendo, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem participaram de diversas homenagens promovidas por instituições públicas, privadas e militares das principais regiões do Brasil. Entre elas, a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) por iniciativa da deputada Celina Leão (PMN). A sessão solene aconteceu no dia 12, às 8h, no auditório da Casa.


Estavam presentes na mesa de abertura da solenidade, a deputada proponente, Celina Leão; o deputado distrital, Olair Francisco (PtdoB-DF); e a vice-presidente do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), Dra. Julita Feitosa representando o presidente do Federal, Dr. Manoel Carlos Neri da Silva; além de outros profissionais da saúde, sendo um médico e duas nutricionistas convidadas.



Em seu discurso, inicialmente, a vice-presidente do Conselho Federal agradeceu à deputada pelo evento realizado com o objetivo de prestigiar uma categoria tão importante para a saúde do país. Dra. Julita Feitosa falou ainda sobre a missão do Cofen e parabenizou os mais 1 milhão e 500 mil profissionais da enfermagem brasileira.



De acordo com a deputada Celina Leão, a sessão ressalta o reconhecimento dos profissionais da enfermagem, tendo em vista o envolvimento e o comprometimento com a saúde e o bem estar do ser humano. "O enfermeiro tem papel fundamental no educar para a saúde e no cuidado com os pacientes", ressaltou.



O evento também contou com palestras, treinamentos, oficinas e cursos voltados para a categoria.



Fonte: Cofen