quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

CELINA LEÃO QUER URGÊNCIA PARA PROBLEMAS DO LIXÃO

A deputada distrital Celina Leão (PMN), presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Legislativa, afirmou hoje (23), durante visita ao Lixão da Estrutural, que vai propor, na sessão desta quinta-feira, a criação de uma Comissão Geral para tratar dos problemas do local. Ao lado de outros seis parlamentares, Celina constatou a precariedade nas condições de trabalho dos catadores de lixo e comprou a briga: “Vou apresentar o Plano Distrital de Resíduos Sólidos já que está previsto em Lei Federal e até hoje, ninguém ousou colocá-lo em prática”.
A visita foi acompanhada pelos catadores de lixo da região. Cerca de 10 mil pessoas tiram seus sustentos do Lixão. Uma das reivindicações é que a Estrutural continue sendo sede dos trabalhos destas pessoas, que temem a ida do Lixão para Samambaia. “Samambaia não quer o Lixão, e nós queremos. O lixo movimenta a economia da nossa cidade”, ressaltou um dos catadores. Sensibilizada com o pedido – que é de dez entre dez trabalhadores do lixo -, a presidente da comissão de Direitos Humanos percorreu a área por quase uma hora. Mas se assustou com o que viu.
“As pessoas trabalham sem nenhuma proteção, chega a ser um absurdo ver isso”, comentou Celina. Entre os pedidos dos trabalhadores, máscaras, luvas e leite – alimento que ajuda a desintoxicar o organismo. A região é repleta de gazes tóxicos e os catadores ficam vulneráveis aos perigos da emissão desses gazes. “Em plena capital do país existem pessoas que pedem luva para trabalhar e leite para não morrerem. Não seria nem necessário pedir, é um afronta ao direito à vida”, apontou Celina.
A deputada solicitou levantamento do número de pessoas que trabalham no Lixão, principalmente para saber se há crianças. “Há problemas que podem e devem ser combatidos de forma imediata, e a questão do trabalho infantil é uma delas”, Celina. “A curto prazo, precisamos providenciar os equipamentos de trabalho para esses catadores.
A Comissão Geral será formada nos próximos dias para discutir os problemas do Lixão e levar, ao Executivo, as soluções possíveis para resolvê-los. Além disso, Celina já pediu que sua equipe técnica trabalhe no Plano Distrital de Resíduos Sólidos, que é previsto em Lei Federal, para garantir ao Distrito Federal os recursos suficientes para levar infraestrutura e melhorias aos catadores do Lixão da Estrutural.



Fonte: Blog do Donny Silva

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

DISCURSO DE CELINA LEÃO PROVOCA AÇÃO DO GDF

A deputada distrital Celina Leão (PMN) conseguiu garantir ontem a contratação de servidores para a Saúde ainda nesta semana. Pelo menos foi o que prometeu o governo do DF, após discurso inflamado da parlamentar oposicionista no plenário da Câmara Legislativa.

Celina relembrou aos deputados na Casa os “erros” nas áreas da Saúde e Educação cometidos pelo governo atual e questionou o estado de emergência decretado há quase 60 dias pelo governador Agnelo Queiroz. “Existe uma coisa que é a vontade política e se houver vontade do governo, orçamento há para as contratações dos concursados”, provocou.

Diante da emparedada, o PT tratou de anunciar as contratações para a Saúde. Celina cobrou ainda o mesmo tratamento com os 1,5 mil convocados pela Educação que foram desconvocados e esperam as contratações. “Governo e oposição devem esquecer as divergências para beneficiar o povo”, pediu a deputada, que foi ovacionada em plenário pela centena de concursados das duas áreas que acompanharam a sessão.

Fonte: Blog do Donny Silva

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

GOVERNO AGNELO X MENINAS SUPERPODEROSAS

A base governista na Câmara Legislativa anda acuada com as ações do trio feminino formado pelas distritais Eliana Pedrosa, Celina Leão e Liliane Roriz. Tudo porque as deputadas, já apelidadas pela base de “Meninas Superpoderosas” têm lá seus “poderes” e podem colocar em risco o projeto dos petistas. Liliane tem a herança de ser Roriz – e não há como negar que o ex-governador ainda exerça forte influencia política no DF. Eliana tem os bastidores, é a mais antiga das três e articula com poucos. A porta-voz do grupo, Celina, é destaque e parte para o ataque, sem dó. Resultado? Ou a base desarticula esse trio urgentemente, ou verá a fraqueza do governo petista em breve vir a público.

Fonte: Blog do Donny Silva

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

CELINA FAZ VIGÍLIA COM PROFESSORES

A deputada distrital Celina Leão (PMN) esteve ontem com grupo de manifestantes formado por professores concursados para participar da vigília que a categoria fez em frente ao Palácio do Buriti. Os professores reivindicam a contratação dos profissionais para as escolas do DF.



Participaram da vigília parte dos 1,5 mil professores que foram convocados e depois desconvocados pela Secretaria de Educação. Segundo Celina, que já encaminhou documentação ao Ministério Público do DF onde comprova que há recursos no orçamento para a contratação destes profissionais, é absurda a atuação do governo e o descaso com os professores aprovados em concurso. “O déficit de professores nas escolas hoje é de mais de 2 mil professores, há dinheiro para contratá-los, porque o descaso do governo, então? Não foi sempre esse PT que questionava as contratações temporárias dos governos anteriores?”, questiona a parlamentar.



Os professores marcaram para que na próxima semana vão intensificar as ações de cobrança e devem, inclusive, realizar manifestação na Câmara Legislativa.

Fonte: Blog do Donny Silva

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Celina Leão acompanha transferência de famílias

A deputada distrital Celina Leão (PMN) esteve ontem pela manhã na Vila Rabelo, em Sobradinho II, onde o Governo do Distrito Federal atua para retirar as famílias que vivem na região – considerada uma das áreas de risco existentes no DF. Reivindicação da parlamentar quando ainda estava em campanha, Celina foi acompanhar de perto como estava acontecendo a ação do governo e as acomodações das famílias. Saiu satisfeita.

“Oposição responsável é o que eu pretendo fazer, ou seja, apontar falhas e reconhecer boas ações. Fui acompanhar de perto e gostei do que vi”, afirmou a deputada. “Tenho uma preocupação enorme com essas pessoas, que vivem em condições sub-humanas e que ainda corriam o risco de serem removidas sem cidadania. Não é o que está acontecendo, isso me conforta”, completou.

Há mais de dois anos a Defesa Civil condenou o assentamento que com a intensificação das chuvas, o risco de desmoronamento era grande. “O GDF está dando condições para essas famílias viverem, pude verificar isso in loco. E não vou parar por aqui. Acompanharei todas as ações do governo. A população precisa dos políticos, precisa do governo, e não vou descansar para que ela tenha tudo o que precisa”, enfatizou Celina.

Fonte: wwe.celinaleao.com.br

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Celina Leão propõe legislação para transporte do Entorno

A deputada Celina Leão apontou a falta de legislação sobre o transporte urbano coletivo no Entorno do DF como o principal responsável pelo alto preço das passagens de ônibus na região. Ela informou que protocolou na Câmara no último dia 4 uma proposta de legislação sobre o tema que pode resolver este problema.
Celina destacou que, segundo estudos técnicos, a legislação poderá baratear as passagens em até 50%. Ela pediu pressa na apreciação da proposta na CLDF.
O deputado Chico Leite (PT) lamentou que os políticos só lembrem do Entorno na época das eleições. Para ele, a área deve ser mais valorizada e tratada com respeito.
Já o deputado Joe Valle (PSB) afirmou que o Entorno precisa de um projeto estruturante. Em sua opinião, o DF não tem como resolver os seus problemas sem cuidar do Entorno.
Valle também agradeceu o apoio recebido dos deputados distritais para a criação da Frente Parlamentar da Agricultura, Pecuária e Segurança Alimentar.
Visita - A sessão ordinária desta quinta-feira (10) foi interrompida por alguns minutos para a visita da deputada estadual de Goiás Sônia Chaves. Ela pediu ajuda da Câmara Legislativa e do GDF para resolver os problemas das cidades vizinhas à capital.
Luís Cláudio da Silva Alves - Coordenadoria de Comunicação Social

Celina Leão critica

A deputada Celina Leão (PMN) provocou debate em Plenário na sessão ordinária de hoje (9) ao acusar o governador de exercer uma "interferência branca" na Câmara Legislativa. Celina se referiu ao processo de escolha dos presidentes das comissões permanentes. Ela disse que o governo vem tratando deputados da base como se fossem de três tipos. "Não podemos ser tratados como uma extensão do Buriti", reclamou.



O presidente da Câmara Legislativa, deputado Patrício, disse que participou da reunião com o governador hoje de manhã, como membro da base do governo, mas que continuaria a comandar a gestão da Câmara Legislativa, "com autonomia e independência".



CPI da Saúde - Após as suas críticas ao relacionamento do GDF com os distritais, a deputada Celina Leão informou aos colegas que, em parceria com a deputada Liliane Roriz (PRTB) apresentou requerimento para a criação da CPI da Saúde, que deverá apurar irregularidades cometidas em quaisquer gestões.

Fonte: Edson Sombra

Câmara investigará gastos na saúde do DF entre 2007 e 2011

Comissão Parlamentar de Inquérito foi aberta ontem e terá duração de 180 dias

A população do Distrito Federal convive com o caos na saúde pública. Faltam médicos, insumos, infraestrutura e, há mais de um mês, o Governo do Distrito Federal decretou estado de emergência em toda rede pública hospitalar. Para apurar a origem desses problemas e uma possível má gestão dos recursos públicos, as distritais Liliane Roriz (PRTB) e Celina Leão (PMN) fizeram um requerimento para a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar possíveis irregularidades, ilegalidades e imoralidades na Secretaria de Saúde, no período de 2007 a 2011. Com 17 assinaturas, o presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), deputado Patrício (PT), instaurou a CPI da Saúde, na tarde de ontem, no plenário da Casa.

Para Celina Leão, é importante essa apuração para saber a origem dos problemas apontados e como foi gasto o dinheiro da Saúde nas gestões anteriores. “Precisamos saber onde começou ou o que está ruim. Tem anônimo morrendo todo dia nas filas de hospitais. Dinheiro tem, mas tem sido mal gasto por anos”, afirmou. O prazo de investigação da comissão é de 180 dias e contará com cinco membros, sendo que quem sugeriu o projeto pode ficar no cargo de titular ou de relator, mas ainda não se sabe se as duas parlamentares ficarão na comissão, já que elas pertencem ao mesmo bloco político.

Terceirização da gestão do Hospital Regional de Santa Maria (HRSM), contratação de reprografia, superfaturamento na aquisição de medicamentos, demora na nomeação dos concursados, infecção hospitalar e utilização de leitos de UTI das unidades particulares serão as áreas de atenção da CPI da Saúde. “Precisamos dar o holofote certo aos grandes problemas de Brasília e punir quem precisar ser punido”, explicou. A medida foi elogiada no plenário. “Por anos tentei criar uma CPI da Saúde, a iniciativa é louvável e fico feliz por poder subscrever este requerimento”, disse o deputado Chico Leite (PT).

Fonte: Tribuna do Brasil

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

CÂMARA LANÇA FRENTE PARLAMENTAR DA JUVENTUDE

A Frente Parlamentar da Juventude foi lançada no plenário da Câmara Legislativa nesta quarta-feira (2), dia em que a Política Nacional da Juventude completa seis anos. Proposta pela deputada Celina Leão (PMN), a iniciativa tem como objetivos debater e formular políticas públicas voltadas para os jovens. “A juventude não é uma bandeira só minha, tem que ser de toda a Casa”, disse a distrital durante a solenidade de lançamento da Frente. Celina Leão acredita que até o final do dia a proposição vai ter a assinatura de todos os 24 parlamentares.

Feliz por proferir seu primeiro discurso como deputado exatamente na solenidade de lançamento da Frente, o mais jovem distrital desta legislatura, Israel Batista (PDT), fez questão de defender a capacidade e a competência dos jovens para fazer política: “Não precisamos da tutela de ninguém, nós sabemos debater e sabemos fazer política”.

A educação e a qualificação profissional foram assuntos bastantes citados no evento desta manhã. O líder do governo, deputado Wasny de Roure (PT) ressaltou a importância de se investir no ensino superior e em escolas técnicas, por exemplo. “Os jovens precisam ser preparados de maneira qualificada e competitiva”, disse. Outro assunto bastante mencionado foi a questão das drogas, em especial o consumo de crack.

Os deputados Evandro Garla (PRB) e Liliane Roriz (PRTB) defenderam ações integradas por parte do Executivo, Legislativo e sociedade em geral. “É preciso fazer um trabalho de resgate dos jovens”, disse Garla. Para Celina Leão, “A palavra de ordem é a prevenção”. O secretário nacional da Juventude, Beto Curi, avalia que ao olhar para o passado recente da juventude brasileira houve muitos avanços. Para ele, o desafio atual é enxergar o jovem como uma solução e, não, como um problema – especialmente neste momento de crescimento econômico.

Publicado em 02/02/2011 por Donny Silva

Fonte: CLDF/Foto: Rinaldo Morelli